JOTAEMESHON

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS, COM 68 BLOGS E MAIS DE 3 MIL LINKS – STPM JOTA MARIA, JOTAEMESHON WHAKYSHON, JULLYETTH BEZERRA, JOTA JÚNIOR E JÚLIA MELISSA – MOSSORÓ-RN

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Para entidade, falta isonomia na apuração de crimes

O Fórum Permanente das Entidades Representativas de Militares do Rio Grande do Norte não dispõe dos números, mas discorda da maneira diferenciada como a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militar tratam os oficiais e o quadro de policiais e bombeiros hierarquicamente inferior, quando o Comando dessas corporações avalia ou apura crimes e transgressões cometidas por soldados, cabos, sargentos e até subtenentes. O Fórum procurou a TRIBUNA DO NORTE para comentar sobre o assunto após a publicação de reportagens nas edições de domingo (26) e terça-feira (28) mostrando o crescimento no número de denúncias e de punições a policiais nos últimos anos. "Isso precisa de um levantamento", diz o presidente da Associação dos Soldados do Corpo de Bombeiros, Rodrigo Maribondo do Nascimento (Foto), mesmo afirmando que muitos dos militares subalternos são penalizados administrativamente e, às vezes, sem o amplo direito à defesa e ao contraditório, "antes de terem suas sentenças transitadas e julgadas" criminal ou civilmente na Justiça Comum.
Rodrigo Maribondo deu um exemplo da "falta de um tratamento isonômico" entre os praças e os oficiais das duas corporações militares: "Se um soldado responde a um processo na Justiça não é promovido, mas temos vários casos de ações contra oficiais que estão subjúdice e mesmo assim eles são promovidos".

Maribondo disse que existem casos em que um oficial responde criminalmente por uma denúncia oferecida pelo Ministério público "e ainda assim o oficial foi promovido a coronel fechado".
Ele não quis citar nomes, mas disse que um desses casos envolve um ex-comandante de Batalhão em Mossoró, ao contrário de outro caso ocorrido no Corpo de Bombeiros, onde um soldado, acusado de fraudar carteira de motorista, foi excluído da corporação sumariamente apenas por um ato administrativo: "O soldado conseguiu voltar através de uma ação judicial e até o hoje não saiu a sentença de mérito".

Segundo Marimbondo, o Fórum compreende quatro associações militares e acha justo que o militar transgressor ou acusado de algum crime seja excluídos das corporações, mas que isso só venha a ocorrer depois de ter sofrido uma condenação judicial. "Quando ele sofre uma pena administrativa, ela acaba sofrendo duas sanções", argumentou ele.
Para Maribondo, a preocupação da sociedade em relação às Polícias Militares no Brasil é justa, mas as corporações acabam respondendo "por um desgaste" causado por uma minoria, e não pela maioria dos praças e oficiais. "As corporações ainda sofrem um ranço do tempo da ditadura militar e não é fácil acabar com isso".

Possível solução
Para acabar com esse tratamento diferenciado existente dentro das corporações militares, Rodrigo Maribondo, presidente da Associação, explicou que o Fórum defende a revogação do RDPM, que é o Regulamento Disciplinar da Polícia Militar, que já foi considerado inconstitucional, em 2004, pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte.
Ele disse que o atual RDPM foi instituído em 1982, ainda durante a ditadura militar, e que permite a detenção e prisão de policiais acusados de transgressões militares e de crimes que podem ir à Justiça Comum.

Fonte: Tribuna do Norte

GAROTO DE 11 ANOS ATRAI METAIS COM O CORPO NA CIDADE DE MOSSORÓ

 (Blog O Câmera/Divulgação)

O jovem Paulo Davi de onze anos, residente na cidade de Mossoró/RN tem uma habilidade especial. Ele consegue atrair objetos de metal junto ao corpo, como se fosse um imã humano. A descoberta foi feita pelo próprio pai, o economista Junior Amorim que após assistir uma reportagem na TV, em que um menino croata realizava a mesma façanha, decidiu brincar com o filho. "Achei o biótipo parecido com o do meu filho, então resolvi colocar um talher próximo ao tórax e acabou grudando nele. Em seguida, fui colocando outros objetos de metal e ouro, e também começaram a grudar. Ficamos surpresos”, relatou o pai.
Filho único do segundo casamento, Junior Amorim disse que nenhum outro parente apresentou essa habilidade. Além de talheres, a região do tórax e abdômen do garoto, consegue atrair celulares, anéis, microfone e até uma panela. Apesar do fato inusitado causar espanto inicial, a família tratou com alegria a novidade. O garoto conta que sente os objetos sendo atraído para próximo do corpo, como se fizesse uma pressão, mas sem machucar..

Apesar de ser considerado um fato inusitado, a família não pretende levar a criança a nenhum médico. O pai justificou a decisão explicando que pretende procurar um especialista, caso seu filho apresente algum problema de saúde ou físico, fato que até o momento não ocorreu. Na internet, já é possível encontrar vídeos e fotos mostrando a façanha do garoto que recebeu até o apelido de “Menino imã do Brasil”.
FONTE - Dnonline

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Delegada da Receita Federal em Mossoró está entre as vítimas do acidente no voo da NoAr


A delegada da Receita Federal em Mossoró, Carla Sueli Barbosa Moreira, é uma das 16 vítimas da queda da aeronave da empresa de linhas áreas NoAr. A informação que a delegada fazia parte da lista de passageiros do voo 4896 começou a circular na internet pouco tempo depois que a notícia da queda do avião foi divulgada, mas só foi confirmada às 9h, através de nota oficial enviada à imprensa pela assessoria de comunicação da Receita.
Carla Sueli havia assumido a chefia da Receita em Mossoró no dia 2 de maio e estava em Recife desde segunda-feira, 11, participando de reunião com a superintendência.
"Recebemos a informação pela superintendência da Receita e a notícia foi um choque para nós. Carla vinha realizando um trabalho muito dinâmico. A delegada era exigente, pois queria que as coisas fossem feitas da maneira correta, ela queria que as coisas acontecessem", comenta a assessora de comunicação do órgão, Ana Paula Brito.
Carla Sueli tinha 36 anos e era natural de Campina Grande (PB). Era casada, tinha cinco filhos, dois moravam com ela e o marido em Mossoró, e os outros três em Brasília, local onde trabalhava antes de ser nomeada chefe da Receita em Mossoró.
Na tarde de ontem, o marido de Carla e seus dois filhos que residem em Mossoró se deslocaram à capital pernambucana. De lá, seguiram para Brasília, onde o corpo de Carla Sueli será velado e sepultado.
As atividades na Receita Federal foram suspensas durante o dia de ontem e permanecerão suspensas hoje. Os serviços à população só serão retomados amanhã, 15.
Temporariamente, assume a Receita Federal em Mossoró o delegado substituto Wyllo Marques. "A nomeação do novo delegado deverá ser feita pelo superintendente da 4ª região fiscal, Luiz Fernando Teixeira Nunes", explica a assessoria de comunicação do órgão.
FONTE: O MOSSOROENSE (17/10/1872), EDIÇÃO DO DIA 14/07/11-QUINTA-FEIRA

sábado, 9 de julho de 2011

Mossoró sedia programação comemorativa dos 36 anos do AA

O final de semana assinala a realização da programação que comemorará o registro do 36º aniversário de presença do movimento Alcoólicos Anônimos (AA) no estado do Rio Grande do Norte. Pela primeira vez Mossoró recebe as atividades alusivas ao aniversário do AA.
Com o tema central "AA - Um Caminho sem Fronteira, Uma Mensagem Universal", as atividades comemorativas começarão hoje, dia 9, com uma Reunião de Informação ao Público, entre 16h e 17h30, nas dependências do auditório do Serviço Social da Indústria (Sesi), na rua Benjamin Constant, 65.
A programação terá prosseguimento amanhã, domingo, dia 10, no mesmo espaço, com a realização de discussões temáticas entre 8h e 12h. O evento em celebração aos 36 anos do AA no Estado é uma realização conjunta do Escritório de Serviços Locais (ESL), sediado em Natal, e do Escritório de Serviços Locais de Mossoró (Eslaam).
A expectativa dos membros da comissão organizadora é que a programação possa contar com a participação de delegações de núcleos do AA espalhados por vários municípios potiguares.
"As pessoas que desejam conhecer a mensagem e o trabalho dos Alcoólicos Anônimos estão convidadas a participar. É um momento de reunião dos membros do AA, as famílias e a comunidade que sofrem com o alcoolismo. No domingo, teremos a explanação mais profunda da mensagem dos Alcoólicos Anônimos", explica o presidente da associação.
O evento também servirá de preparação para outros dois acontecimentos semelhantes. Nos dias 5 e 6 de novembro vindouro ocorrerá o 23º Seminário Nordeste, que terá o mesmo tema da programação que se verifica neste final de semana na cidade de Mossoró. Essa programação acontecerá no interior do Centro de Convenções de Ponta Negra, em Natal.
Já o evento seguinte é a 18ª Convenção Nacional do AA, programada para os dias 6, 7 e 8 de setembro de 2012, na cidade de Cuiabá, capital do estado do Mato Grosso, cujo tema central é "Uma Mensagem, Várias Culturas, Uma só Irmandade".
No dia 27 de julho de 1975, foi registrada a implantação do primeiro núcleo do AA no Rio Grande do Norte, precisamente na cidade de Caicó. Em seguida, ocorreu a estruturação do grupo do AA de Natal, no dia 26 de novembro de 1976. Um segundo grupo foi criado na capital - o grupo Esperança -, constituído no dia 20 de fevereiro de 1978.
Os grupos foram surgindo, mas a área não tinha ainda uma estrutura de serviços para acompanhar e apadrinhar o funcionamento destas unidades do AA. Em 1984, foi feita a primeira tentativa de organizar uma Central de Serviços. Em 10 de abril de 1985, a Central de Serviços se instala na praça Padre João Maria, nº 58, Centro de Natal. Existem 79 grupos de AA registrados em todo o Estado.
Para o presidente do AA em Mossoró, o trabalho desenvolvido pela instituição é muito importante na recuperação das pessoas que sofrem com o alcoolismo na cidade. "Muita gente liga para o grupo, e nossas equipes vão até a casa da pessoa para convidar para as reuniões na entidade e esclarecer em relação ao alcoolismo. Durante as reuniões, ocorre a troca de experiências dos membros e cada um tem a oportunidade de relatar a vivência diária na luta para vencer o problema. Nosso programa de recuperação consiste nessa troca de informação", destaca o representante do grupo.
As pessoas que desejam participar das reuniões em um dos cincos grupos do Alcoólicos Anônimos no município podem entrar em contato com Escritório de Serviços Locais do AA Mossoró (Eslaam) pelo número: 3317-2222.
FONTE: O MOSSOROENSE, EDIÇÃO DO DIA 09/07/2011

BIBLIOGRAFIA

Quem sou eu

Minha foto
ESTE É O 9º BLOG DO PORTAL OESTE NEWS, CRIADO PELO STPM DA RR PM JOTA MARIA, DA GLORIOSA E AMADA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

BLOGS DO PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

YOUTUBE

YOUTUBE
JOTA MARIA

PORTAL TERR@S POTIGUARES NEWS

PORTAL TERR@S POTIGUARES  NEWS
O QUE VOCÊ QUER PESQUISAR, VOCÊ ENCONTRA EM UM ÚNICO LOCAL, NO "PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS", A MAIOR FONTE DE INFORMAÇÕES ANTIGAS E ATUAIS DE MINHA QUERIDA E AMADA TERRA POTIGUAR, COM 17 BLOGS, 1483 LINKS, DOIS ORKUTS, UM YOUTUBE, UM FACEBOOK,UM TWITTER, UM MSN E UMA PÁGINA MUSICAL, TOTALIZANDO 1506 ENDEREÇOS ELETRÔNICOS NA WEB. CRIADO A XXVIII - XII - IIMM, PELO STPM JOTA MARIA, COM A COLABORAÇÃO DE JOTAEMESHON WHAKYSHON, JULLYETTH BEZERRA E JOTA JÚNIOR # 100 % NORTE-RIO-GRANDENSE. ACESSE E CONFIRA!

DEUS

DEUS
AMO A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS, COMO AMO AO MEU PRÓXIMO COMO A MIM MESMO

ARIVANE TAXISTA

ARIVANE TAXISTA
TRANSPORTE ALTERNATIVO - APODI-MOSSORÓ - VIAGENS ESPECIAIS. FONE: (84) 9155-8589 E (84} 9632 - 5198

Relógio (hora oficial de Brasilia).

STPM JOTA MARIA

STPM JOTA MARIA
POLÍCIA MILITAR RN

CONHEÇA A HISTÓRIA DE NOSSA QUERIDA E AMADA TERRA DE SANTA LUZIA

JOTAEMESHON WHAKYSHON

JOTAEMESHON WHAKYSHON

PMRN

JÚLIA

JÚLIA
TE AMO

WHAKYSHON

WHAKYSHON

JÚLIA

JOTA JÚNIOR

JOTA JÚNIOR

STPM JOTA MARIA

STPM JOTA MARIA

JULLYETTH E MOISÉS

JULLYETTH E MOISÉS

LINK JÚLIA MELISSA

KELLY CRISTINA

KELLY CRISTINA

POLÍCIA MILITAR

Minha lista de blogs

CONTADOR DE VISITA

visitas